Retinite pigmentosa

La retinite pigmentosa o retinite pigmentosa é uma doença degenerativa da retina hereditária o que causa um perda progressiva da visão.

Quando uma pessoa sofre retinite pigmentosa é essencial ir ao oftalmologista, já que esta doença causa morte celular da retina (cones e bastões).

Retinite pigmentosa

La retinite pigmentosa o retinite pigmentosa é uma doença degenerativa da retina hereditária o que causa um perda progressiva da visão.

Quando uma pessoa sofre retinite pigmentosa é essencial ir ao oftalmologista, já que esta doença causa morte celular da retina (cones e bastões).

O que é retinite pigmentosa?

O retinose pigmentar, também conhecida como retinite pigmentosa ou pigmentosa, é uma doença abrangida por um grupo de doenças genéticas hereditárias que afetam a retina, causando sua degeneração progressiva e diminuindo lentamente a acuidade visual do doente.

A retina é a camada que cobre internamente o olho e onde é gerado o impulso elétrico que envia as imagens para o cérebro. Na retinose pigmentar, um destruição gradual de algumas células da retina, principalmente das varas, que controlam a visão noturna e os cones, responsáveis ​​pela visão periférica.

Causas

Retinite pigmentosa é uma doença rara que afeta aproximadamente 1 de cada pessoa 4.000.

Esta condição É causada pela presença de defeitos genéticos, então é uma doença com forte componente hereditário. Esses defeitos genéticos acabam afetando as células da retina, dando origem à doença.

Esta patologia é mais comum em homens do que em mulheres, portanto, ter um parente com retinite pigmentosa e ser homem é um fator de risco nessa condição.

É importante ressaltar que metade dos pacientes não têm um membro da família conhecida com a doença, de modo que o diagnóstico genético é muito importante saber o tipo de transmissão de herança e doença

Sintomas de retinite pigmentosa

O primeiro os sintomas geralmente aparecem durante a infância ou juventudeNo entanto, devido à lenta progressão da doença, os sinais mais importantes geralmente não aparecem antes da idade adulta.

É importante ressaltar que cada paciente pode apresentar sinais diferentes e com um avanço diferente, porém os sintomas mais comuns são:

  • Visão noturna reduzida em áreas com pouca iluminação, sendo o sintoma mais comum na retinite pigmentosa. No início, a pessoa tem dificuldade em se mover em espaços com pouca luz, uma condição que aumenta progressivamente.
  • Perda de visão periférica, que produz um evidente estreitamento doampou visual Isso é conhecido como visão de túnel.
  • Uma vez que a doença avança, há um importante redução da acuidade visual. Há dificuldade em ler e perceber imagens em detalhes.
  • Outros sintomas são flashes de luz ou fotópsias, incapacidade de perceber cores e, em casos avançados, cegueira.

Doenças associadas

Além dos sintomas associados à retinite pigmentosa, esta doença geralmente leva ao sofrimento de outras condições visuais, como:

Estas patologias são tratáveis, por isso é muito importante ir a frequentes revisões oftalmológicas para evitar complicações adicionais.

Tratamento de retinite pigmentosa

Não há tratamento específico para esta doença, embora algumas formas possam se beneficiar de uma terapia de reforço com vitaminas, minerais ou outros princípios.

La terapia visual O foco na melhoria da sensibilidade ao contraste tem sido muito eficaz nesses pacientes. Sua aplicação requer a aplicação de alguns exercícios monitorados pelo oftalmologista, que o paciente pode realizar em casa e que representam uma melhora significativa das condições visuais.

Use óculos de sol para evitar danos na retina, tanto quanto possível, e ir ao oftalmologista periodicamente é muito importante, pois algumas complicações dessa condição, como catarata, podem ser tratadas de forma eficaz para prevenir a degeneração prematura.

Apesar da perda visual, pacientes com retinite pigmentosa podem viver suas vidas adaptando-se à situação através de alguns serviços de reabilitação que já estão disponíveis.

A importância dos controles visuais

As doenças dos olhos podem aparecer em qualquer idade e muitas vezes não é até que a condição tenha avançado para que os primeiros sintomas ocorram.

Algumas alterações não causam sintomas até que a doença tenha causado danos irreversíveis, porém exames visuais periódicos eles são essenciais porque nos permitem identificar a presença de certas condições precocemente, o que pode ser um fator decisivo para garantir o bem-estar de nossa visão.

Resumo
Nome do artigo
Retinite pigmentosa
Descrição
Retinite pigmentosa é uma doença genética que afeta a retina, causando perda de visão. Descubra o que é, suas causas e tratamento.
autor
Nome do editor
Área Oftalmológica Avanzada
Logotipo do Editor
/ * Estilos para o menu dobrável móvel Divi * // * JS para o menu dobrável móvel Divi * /